Derrotar o Golpe de Estado no Paraguai e avançar nas conquistas democráticas

(Nota
da CCLCP)
Diante
dos recentes acontecimentos no Paraguai, é necessário um pronunciamento de
todas as forças progressistas, democráticas e revolucionárias contra o Golpe de
Estado orquestrado pela oligarquia paraguaia e pelo imperialismo.
Utilizando-se
do recente massacre dos camponeses de Curuguaty a favor dos grandes
latifundiários, acusou-se o governo de “mau desempenho de suas funções” a fim
de justificar o Golpe como um impeachment amparado pela
institucionalidade.
A CCLCP, mesmo analisando muitas limitações no processo
interno paraguaio e no próprio Governo de Lugo, reconhece que ele é fruto de um
processo democrático que despertou novas esperanças no povo paraguaio. O que
hora ocorre no Paraguai representa a vontade das forças mais reacionárias no
país, uma oligarquia aburguesada de natureza política profundamente
autoritária. Caso o Golpe se perpetue, estará instalado um amplo retrocesso
político na vida do país. Inclusive a própria situação dos camponeses, que tem
intensificado uma importante luta pela reforma agrária, tenderá a piorar.
Exigimos que o Governo Brasileiro siga os passos
dos Governos da Venezuela, Bolívia, Equador, Nicarágua, Argentina e se
posicione imediatamente repudiando o Golpe de Estado no Paraguai.
Não podemos permitir
que as classes dominantes sigam orquestrando golpes contra os povos da América
Latina!
Viva
o povo paraguaio!
Abaixo
o Golpe de Estado!
Corrente
Comunista Luiz Carlos Prestes